B.Lem

De repente fomos invadidos de novo por Portugal que avançou com seus doces e pães.



A B.Lem Portuguese Bakery (que provavelmente foi expulsa da terrinha pelo abuso de estrangeirismos), abriu algumas unidades, provavelmente no rastro da Casa Mathilde que já está há alguns anos fazendo um certo sucesso na cidade.

No geral eu achei a B.lem inferior a Casa Mathilde, os doces são mais carregados no açúcar, como o salame de chocolate que está mais perto de uma palha italiana abrasileirada do que daquela massa maravilhosa de cacau do concorrente.

Mas o pastel de belém premiado da casa realmente é muito bom, crocante, saboroso, perfeito.

Os pães são bons e ainda tem a opção de almoço/janta com alguns pratos portugueses que eu não provei.

É uma boa padaria e confeitaria, com um preço justo para a qualidade, que acaba ficando até um preço bom se você usa o grubster e pega o desconto de 20%, mas, se tentarmos comparar com os concorrentes da mesma categoria, a B.Lem precisaria reforçar um pouco a qualidade.

Conta: 39,44 (julho/17)

Vale? Sim, todas essas padarias portuguesas novas vale para quem ama os doces de ovos que eles fazem como ninguém, mas, entre eles e a Casa Mathilde, ainda fico com a Mathilde.

Mais informações aqui https://www.blembakery.com