Casa Mathilde

Chegou há alguns anos no centro de São Paulo a Casa Mathilde, uma doçaria tradicional portuguesa que existe na terra dos colonizadores desde 1850.



Por questão de proximidade e gosto, frequento muito a loja desde que abriu e sempre gostei do trabalho deles.

O foco da casa são os doces tradicionais portugueses, com uma variedade que vai muito além do já conhecido pastel de belém.

Confesso que não conhecia vários doces e um que mais me surpreendeu foi o toucinho do céu ($12,50), algo que pode ser definido como um brownie (na questão da textura, porque é sem chocolate) de gemas com farinha de amêndoas. Outra surpresa é a noz de galamares ($9,00), um doce com massa de nozes selado com uma casca de caramelho. Ou até coisas que têm similares nacionais, como o Salame (uma massa de chocolate com bolachas) que lembra a palha italiana, mas bem melhor, ou a bola de berlin, o ancestral do sonho de padaria.

Além dos doces a cada fabrica alguns pães, como o papo seco ($1,50) um primo do pão francês e outras variedade portuguesas maiores como o maravilho Pão Alentejano.

Outra coisa que eu recomendo é uma bolacha chamada areia de cascais ($75/quilo), um biscoitinho sem igual.

Nos salgados dá para comer alguns lanches preparados com os pães portugueses, tem uma opção de empada de camarão maravilhosa além de um pão recheado de calabreza.

A única coisa que deve ser evitada é a temerária seção de sorvetes. Eles começaram a vender sorvetes a pouco tempo, talvez temendo a chegada de uma gelateria no centro, e os sorvetes tão ruins e sem gosto que se alguém for lá e julgar a casa pelos sorvetes nunca mais volta.

Conta: Os preços de alguns produtos estão acima (abril/2017)

Vale? Sim, muito, os preços são acima de uma padaria normal, mas a qualidade não tem nem comparação. Os doces são todos maravilhosos, só fuja dos sorvetes.

A casa abriu mais algumas lojas em são paulo além da do centro, veja aqui mais informações http://casamathilde.com.br/pt/