Desafio 52 Retratos – 2017

Várias pessoas criam esses desafios para se forçar a fazer algo om frequência durante o ano. Hoje, na hora que eu tive livre, fiz um retrato. Simples, rápido, pintado com gouache em um papel A5 e pensei: por que não me comprometer a fazer 52 retratos ao longo do ano?

Ah, mas você deveria pintar todos os dias e não só uma vez por semana.

Sim, intrépido leitor, MAS a vida é algo imprevisível. Nas última semanas de 2016 trabalhei muito, muito mesmo (não estou reclamando, pelo contrário, quem tiver serviço é só mandar aí) e não tive tempo para pintar o quanto eu gostaria, mas, mesmo assim, nessas semanas eu consegui separar um tempo e fazer uma pintura.

Então acredito que seja uma meta mais do que honesta e, é uma quantidade relativamente fácil de alcançar se você quiser fazer o mesmo, mas descobrir esse post e esse desafio só mais para frente do ano.

Outra vantagem é não ficar preso a um dia para postar. Dentro da semana, qualquer dia está valendo.

E por que retrato?

É uma boa questão, a primeira parte da resposta é porque eu fiz um curso com o Davi Calil no segundo semestre de 2017 que era focado em retratos. Uma das razões que ele levantou para esse tema é que quando você pinta uma paisagem, por exemplo, é fácil “enganar”. Uma árvore, uma montanha, uma pedra podem ser de mil tamanhos e estar em infinitos lugares que o seu desenho vai parecer certo. O retrato já tem umas proporções básicas que servem de guia natural para você olhar e dizer: isso ficou estranho.

Ao mesmo tempo, temos uma tendência natural de ver rostos em tudo (até em torradas), colocou dois olhos e uma boca e você já enxerga um rosto, então isso é algo a nosso favor quando tentamos fazer um retrato.

Outra questão é que é bem legal quando você faz um retrato e as pessoas reconhecem o retratado. Aí chegamos em outro ponto. Retratar celebridades é relativamente mais fácil, porque você encontrará várias fotos da pessoa tiradas por fotógrafos profissionais e com uma luz projetada para ser legal. Assim, se você usa uma dessas fotos como referência e acerta o contraste original, metade do jogo está ganho.

Então se você quiser realmente se desafiar, pegue essas fotos meio ruins do seus amigos no facebook ou instagram e crie nelas uma luz e contraste que não existe mas que fique legal.

Bom, se não ficou claro até agora, eu estou me desafiando, mas, ao mesmo tempo, estou convidando a quem quiser, quem estiver estudando desenho ou pintura, a se desafiar também.

Vai funcionar assim:

1- Quando postar sua pintura, use a hastag #52retratos, vou acompanhar essa hashtag ao longo do ano e, se alguém estiver postando, vou jogar algumas pinturas aqui no site junto com as minhas.

2- Se estiver participando e quiser dicas e ajuda, mande um e-mail para contato@diletanteprofission1.hospedagemdesites.ws, dependendo da sua dúvida respondo diretamente por e-mail ou faço um post com dicas.

3- Qualquer técnica é válida. Eu vou focar em pintura tradicional por motivos pessoais, mas se você quiser participar com retratos digitais, manda a ver que é um estudo válido.

4- Isso não é uma promoção, competição ou qualquer coisa assim, é apenas uma proposta de aprendizado. No final do ano, se você tiver feito 52 retratos será bem legal poder compará-los e ver como sua técnica evoluiu ao longo do ano.

É isso.

Você pode ver todas as postagem no site por esse link

ou

pode ver todas as fotos nesse álbum no facebook

ou

nessa pasta do pinterest

ou no meu instagram @oliboni_

Esses retratos aqui não são do desafio em si, que começa no próximo post, são alguns que eu fiz no final de 2016 e que, de certa forma, me incentivaram a fazer esse desafio, a primeira fileira é uma galeria de amigos, o último é de um filme, ele tá aí mais porque eu gosto de retratar pessoas fumando.

2106

smoker


anuncioamazon