Ele está de volta

Esse é daqueles casos que eu acabei julgando o livro pela capa.

É impossível não reparar nessa capa aí em baixo na livraria, pode não ser nada inovador, mas essa elegância do design chama muita atenção.

Daí é aquela coisa, você pega o livro na mão, lê a sinopse e já está a meio caminho andado para comprar.

No caso eu vi o livro na livraria e depois comprei no meu meu Kobo – sim eu vou na livraria só pra ver capas de livros, pegar eles na mão e depois compro eles digital, deve ser uma contradição em algum nível, mas funciona pra mim.

Esse livro alemão faz uma ficção científica/crítica política bem curiosa. Resumindo Hitler acorda em 2011 na Alemanha, sem saber o que aconteceu e inicia uma carreira como imitador de Hitler.

Não espere grandes explicações ou mesmo um uso brilhante de viagem no tempo. O curioso desse livro é a leitura dos discursos e a percepção diversa das pessoas.

No livro Hitler em nenhum momento deixa de ser ele, em nenhum momento nega suas ideias e as pessoas optam por interpretá-lo como um ator esforçado, um crítico feroz tanto do Nazismo como da Alemanha atual.

É muito curiosa essa leitura dúbia de tudo. O leitor do livro, com o seu conhecimento de que aquele personagem é o verdadeiro Hitler e sabe o que ele quer dizer quando fala e é curioso que você tem que se colocar no lugar dos outros personagens e tentar ver aquilo sem saber que o personagem está falando sério, tentar ver como uma sátira, uma caricatura.

Não vou dizer que é um dos melhores livros do ano, nem que seja imperdível, mas é um livro bem interessante e divertido que vale a pena ler se você tiver um tempo.

Compre na  Amazon ou Livraria Cultura ou na Saraiva ou na Travessa

devolta


Inscreva-se na newsletter do site e receba todas as atualizações do site diretamente no seu e-mail.

anuncioamazon