Hi Pokee

Pokee é um prato havaiano com uma cara de japonês que virou uma pequena febre desde o ano passado.



É basicamente uma cumbuca de arroz com uma cobertura de peixes e frutos do mar.

Na rua Augusta, no lugar de um café bacana que eu frequentava, abriu um restaurante especializado no prato, o Hi Pokee, que acabou ficando mais famoso pelo chef da casa ter participado de uma edição do Master Chef Profissionais.

Eu tinha ido no Hi Pokee assim que abriu, gostei bastante e, depois, por vários motivos não relacionado a comida em si não voltei mais.

Daí no final do ano dei uma passada lá para ver se ainda estava boa a comida e sim, estava.

A casa tem um cardápio muito enxuto, tem algumas receitas prontas de coberturas para o arroz e tem a opção de montar seu próprio prato.

Eu sou um grande defensor de comer as receitas que o chef criou, eu sei que tem gente que quer a liberdade de escolher os ingredientes para por “tudo que gosta”, mas, às vezes, esse caminho leva para um resultado bizarro porque não necessariamente tudo que a gente gosta combina.

E olha, as receitas da casa são bem equilibradas, bem temperadas e funcionam perfeitamente, então vai na do chef que você vai ser feliz.

Meu único porém com o prato é que o arroz não é aquele arroz tão grudado como o japonês, então é um tanto difícil de comer com hashi, mas tudo bem, porque o que manda é o sabor, e o tempero do arroz é bem bom.

Tem as opções de comer com arroz integral ou quinoa… mas sei lá, pode ser saudável, mas não me interessa.

Um charme da casa é que, na entrada, tem um balde de amendoim torrado para o cliente se servir, eu que adoro amendoim já me sinto conquistado logo aí.

Conta: $ 91,30 para duas pessoas (dez/17)

Vale: sim, muito, pela qualidade, pelo fato de se servir peixe fresco, dá até para falar que, relativamente, está barato.

 

Mais informações http://www.hipokee.com