How to get away with murder – 1ª temporada

Uma das séries que fez muito sucesso na temporada de 2014/2105 finalmente chegou na Netflix, se trata do thriller jurídico/policial How to get away with murder (traduzindo meio literalmente Como escapar de uma condenação por homicídio).

A série é focada em Annalise Keating (interpretada por Viola Davis), uma professora de direito criminal que seleciona cinco alunos da sua sala para trabalharem como estagiários no seu escritório. Na trama principal acompanhamos o desenrolar da investigação do assassinato de uma estudante, que acaba envolvendo Annalise e seus alunos em uma conspiração complexa cheia de reviravoltas. E, enquanto essa narrativa maior se desenrola, vemos Annalise e seus alunos trabalhando na defesa dos mais diversos casos que aparecem no escritório sediado na própria casa da advogada.

A primeira coisa que eu tenho a dizer sobre a série é que quem assistiu Damages deve ter um pouco de dificuldade para aceitar a série, de cara eu rotulei HTGAWM como uma versão didática de Damages e depois de terminar de assistir a primeira temporada vi que esse rótulo de fato é perfeito.

Como eu sempre digo, não tem nada errado em repetir uma fórmula de sucesso, a questão, nesse caso, é que Damages, apesar de ser uma série grandiosa, não era exatamente “acessível” para o grande público e patinou muito em termos de audiência. E, para corrigir isso e transformar a fórmula de Damages em um sucesso, os produtores mexeram na receita e fizeram uma série onde tudo é muito bem explicado para o público, onde tudo que a pessoa precisa saber para compreender o que está sendo revelado é repetido e onde cada episódio tem um caso da semana. Assim você tem uma fórmula narrativa ousada, adaptada para a fórmula que funciona em uma série tradicional.

Inclusive a ideia da personagem principal ser uma professora funciona para explicar com a máxima didática todo e qualquer mecanismo jurídico usado.

Para quem não é familiarizado com Damages o principal mecanismo repetido por How to… é a narrativa que começa em um ponto no futuro e vai retrocedendo aos poucos em paralelo com a que se passa no passado e vai avançando aos poucos até que as duas pontas se encontrem e andem juntas para o final.

Esse mecanismo sem dúvida é muito bom. Você apresenta vários mistérios para o telespectador e, aos poucos, vai mostrando as peças do quebra-cabeças que sempre mantém o mistério tenso, o que leva a criar várias teorias e abre espaço para infinitas reviravoltas.

O didatismo da série quebra um pouquinho o ritmo, principalmente para quem assiste de uma tacada só a temporada, você se sente um pouco subestimado pelo produtor achar que você não é capaz de lembrar de praticamente nada. Mas, por outro lado, o esquema do caso da semana que introduz personagens novos e subtramas novas a todo momento funciona para manter o interesse e não chega a cansar pois a temporada tem apenas 15 episódios.

O grande destaque da série, sem dúvida, é Viola Davis em uma performance espetacular. A atriz carrega a série nas costas alternado momentos de discurso inflamados no tribunal com uma fragilidade extrema que ela não pode revelar para ninguém. Annalise é uma personagem sensacional, absurdamente complexa que faz qualquer história em volta dela funcionar.

Para mim, o grande destaque da temporada em termos de performance é o episódio 13 com a participação da brilhante Cicely Tyson no papel de mãe de Annalise. Infelizmente, essa atriz que faz essa única participação é a uma das poucas interpretes na série à altura de Viola Davis.

No grupo de estudantes, as atuações sofríveis da maioria deles não chega a pesar tanto já que o elenco de apoio é relativamente grande, mas Wes (Alfred Enoch) definitivamente precisava de um preparo maior para ser o aluno de maior destaque na trama.

No geral, vale a pena assistir How to get away with murder por se tratar de uma série acima da média, mas, entre ela de Damages, Damages sem dúvida fica com a chancela de “imperdível”.  O sonho de fã fica para ver, nem que seja por apenas um episódio, um embate entre Viola Davis e Glenn Close.

 

How-To-Get-Away-With-Murder

HTGAWM_InVader

the-new-season-2-cast-photo-has-a-clue-theme


Inscreva-se na newsletter do site e receba todas as atualizações do site diretamente no seu e-mail.

anuncioamazon