John Hooker

O Hooker é um dos estabelecimentos repaginados pelo programa Pesadelo na Cozinha, mas vou confessar que é um que eu não botei muito fé na manutenção da renovação.



Como por acaso estava lá perto um dia desses, resolvi arriscar.

Uma observação importante é que eu cheguei bem cedo no restaurante, praticamente na hora que abriu, então o fato de estar vazio aquela hora não é uma grande surpresa.

Me surpreendeu um pouco que a decoração da casa me pareceu um pouco caída, mais parecida com o visual antes da reforma e eu a impressão de ter sido mais uma maquiagem do que uma reforma.

Voltou também para a frente do restaurante o banner que auto-intitula o hambúrguer da casa o melhor de São Paulo, algo extremamente pretensioso, como foi dito no programa.

Por ser muito cedo e a casa ainda estar abrindo não me arrisquei em pedir fritas, pois a chance de uma batata feita no óleo frio era muito grande, então fui direto para o hambúrguer com uma das receitas novas deixadas pelo Jacquin.

E não é que o hambúrguer é excelente? Ponto bom, tempero excelente, pão ok, a apresentação não é muito convencional (a salada vem ao lado para você coloca-la no lanche), mas é muito bonita. Fora que a salada tinhas alfaces bem frescos.

Vou confessar que eu realmente não esperava, principalmente depois de ver pessoalmente o espaço meio temerário da casa, que o hambúrguer fosse tão bom.

Conta: $26 (maio/17)

Vale? Olha, vale sim. Não é o melhor hambúrguer de são paulo, acho que não é nem o melhor hambúrguer do bairro em que está, mas vale o preço.