Modelo vivo no centro de são paulo

Tem algumas sessões de modelo-vivo que rolam sempre pela cidade com mais ou menos divulgação. As da Associação Paulista de Belas Artes definitivamente estão na categoria das menos divulgadas.

A associação em si é bem escondida, no décimo terceiro andar de um prédio comercial no centro de São Paulo na Rua Conselheiro Crispiniano nº53 só é possível chegar lá sabendo exatamente onde se está indo.

Apesar da localização ser meio obscura ela tem um acesso bem fácil, próxima ao metro anhangabaú (saída da rua xavier de toledo).

As sessões acontecem nas quartas e quintas das 14h30 as 16h30 e as quintas das 18h30 as 20h30.

O preço da sessão é $20, pagos em dinheiro na hora e não é preciso fazer inscrição.

Na sessão que eu fui na quinta a noite só tinham três pessoas, ou seja, é bem tranquilo.

Um diferencial de lá são as poses mais longas, diferente da maioria das sessões em que se tem várias poses curtas para desenhos gestuais, o foco lá é são as poses mais longas e trabalhadas, nessa sessão que eu fui foi feita uma pose de uma hora, o que dá tempo até para os mais lerdinhos que nem eu pintarem.

Sempre é bom ligar antes no 31051660 antes de ir para confirmar se não teve nenhuma mudança no horário.

O site da associação é http://www.apba.com.br

Quem estiver bem solidário, a associação também está com uma campanha no catarse para promover uma reforma na sua sede.

Ainda sobre o tema, a Quanta sempre promove umas sessões de modelo-vivo (essas bem mais concorridas) e agora está fazendo um evento com cosplays posando, para se informar é só acompanhar as redes sociais da escola.

apba

Nunca tinha feito um modelo vivo com pose longa para pintar. Essa foi uma pose de 1h feita com gouache

Uma foto publicada por Zé Oliboni (@oliboni_) em