Semilunar + Sorteio

Agora no final de 2017, um pouco antes da CCXP o quadrinhista Camilo Solano publicou sua HQ Semilunar, financiada pelo PROAC e editada pela Balão Editorial (as infos da HQ estão aqui).



Semilunar é uma história que toca facilmente qualquer pessoa.

Às vezes a gente não percebe o privilégio de nascer “inteiro”, com todos os sentidos, com todos os membros, com todas as funções mais ou menos normal. E, muitas vezes, as pessoas constroem sua vida em uma aptidão física.

Como é para o desenhista perder os movimentos da mão? Para o atleta romper irremediavelmente um tendão? Para o diretor de cinema perder a visão?

São coisas que muitas vezes a gente nem considera, mas que são bem sérias.

Eu mesmo tenho muito medo de perder a visão. Eu adoro ler, adoro filmes, séries e todo tipo de imagem, não sei como eu viveria sem enxergar.

Essa perda irreparável que obriga a pessoa a desconstruir toda a vida é o centro de Semilunar e é o que a torna uma HQ fácil de o leitor se identificar.

Aliás, essa é a grande habilidade do Camilo Solano, fazer com que as pessoas sintam uma empatia com suas histórias, fazer com que elas se sintam tocadas pela ideia dele. E, no fim das contas, esse é um dos elementos chaves para toda a arte, encontrar essa ressonância no leitor/espectador/ouvinte.

Quanto ao desenho, eu acho Solano um autor peculiar.

Na sua HQ Desengano, que tem prefácio do Robert Crumb, eu achei que ele sofria de uma vontade muito grande de ser um Crumb e tentava sempre que podia emular o estilo desse desenhista.

Em Semilunar ele parece mais um artista em transição, ainda tem um pouco de Crumb nas estruturas dos personagens, mas parece mais um meio do caminho para algo próprio e provavelmente mais interessante.

Já, quem acompanha as ilustrações que ele publica no instagram, por exemplo, pode ver que ele é um artista bem versátil e em constante experimentação tanto de estilo quanto de acabamento, mas é possível perceber uma norte visual ali no que ele faz que é bem interessante.

Em termos de arte, eu acho que o ilustrador que o Solano é hoje é infinitamente mais interessante do que ele mostra nas suas HQs.

Mas sempre é bom lembrar que fazer HQ é muito diferente de ilustrar. Fazer HQ é um trabalho descomunal, brutal e cheio de detalhes e há de se fazer concessões sempre favorecendo a narrativa visual, a composição da página e a consistência do livro como um todo e, nesses quesitos, Semilunar é uma HQ muito bem sucedida.

Compre no site www.balaoeditorial.com.br ou na http://amzn.to/2CnqRxd


 

Sorteio

Regras: o sorteio será dia 20, vou divulgar o resultado aqui, no twitter @oliboni, facebook/diletanteprofissional e instagram

Para participar: Vá no vídeo dessa resenha no youtube, se inscreva no canal e comente o vídeo. Pode fazer qualquer comentário (“Eu quero ganhar um”, por exemplo) que você já estará participando)

Valendo então! O sorteio já foi encerrado e Edson W. ganhou. Obrigado por participar