Taberna da Esquina

O chef lusitano Vítor Sobral aos poucos vai construindo seu império com os sabores tradicionais dos nosso colonizadores. Além dos restaurantes Taberna e Tasca da Esquina, ele recentemente abriu a maravilhosa Padaria da Esquina.



Na busca por um bom bacalhau em terras paulistanas fomos para a Taberna da Esquina.

O cardápio, obviamente, vai além do bacalhau, mas, salvo se você é frequentador habitual ou se odeia o peixe, ele é a melhor pedida, afinal, o restaurante é tido com um dos melhores portugueses de São Paulo, por consequência, um dos melhores bacalhaus.

Como bacalhau é um produto meio caro e o restaurante não é modesto nos preços, fomos direto para os pratos principais, com uma parada breve no simpático pão da casa que é servido como cortesia acompanhado do azeite que patrocina o restaurante.

Estávamos em três, então pudemos ver três tipos diferentes de preparo do peixe. Um em lascas, em uma sopa com pão, que lembra a italianíssima papa ao pomodoro, com direito a um ovo mole para ser estourado pelo cliente; outro mais moderno, em lascas e com um purê de de grão de bico e um clássico lombo alto grelhado com batata ao murro.

Os três pratos eram ótimos, mas um tanto carregados no sal. No fim o grande destaque vai para o clássico lombo com as batatas ao murro, o bacalhau veio perfeito, bem úmido e, apesar do sal ainda se impor, era o mais equilibrado nesse ponto.

(Talvez além do pão a casa pudesse fazer como muitos restaurantes simpáticos e oferecer água filtrada como cortesia para dessalgar a boca).

Para adoçar fomos com um pastel de nata, sem erros e o delicioso ovos moles, um doce de gemas envolto em uma massa de hóstia e acompanhado de um sorvete. É algo bem específico e você precisa gostar dessa linha portuguesa de doces de ovos com muito açúcar, mas, se for sua praia, como é a minha, é sem dúvidas o doce de ovos definitivo.

Conta: $245, para 3 pessoas, sem entradas, sem bebidas e só duas sobremesas e com 30% de desconto do grubster; o valor cheio dessa passa de $320, ou seja, quase $110 por pessoa para um prato; o valor dos pratos de bacalhau estão na faixa de $75 a $95 (julho/2017)

Vale? Olha, pela curiosidade vale, mas não é um restaurante que você pode se afeiçoar, porque os preços estão muito fora da realidade, mesmo com o desconto de 30% do grubster é uma conta bem considerável. Agora, apesar dos preços, os pratos são imensos, se o restaurante diminuísse as porções e cortasse os preços ficaria mais na realidade. Outra alternativa seria fazer como muitos restaurantes que diz que a porção é individual mas dá para dividir. Porque, se eu soubesse o tamanho dos pratos, sinceramente teria experimentado uma das entradas que pareciam ótimas e tinha divido o prato. Aparentemente a casa tem um executivo que é mais vantajoso para quem quiser conhecer sem pagar o preço da passagem até Portugal.

Para endereço e mais informações http://www.tabernadaesquina.com