The Ranch

The Ranch é mais uma produção da Netflix exclusiva para o seu serviço de streaming que conta a história de Colt Bennett (Ashton Kutcher) um jogador de futebol americano cuja carreira não deslanchou, muito por culpa dele mesmo,  e que volta a morar com o pai, Beau (Sam Elliott) e o irmão Rooster [Galo em português] (Danny Masterson) enquanto tenta redescobrir sua vida e ajudar salvar o rancho da família no Colorado que passa por uma situação complicada. Completando o elenco a série apresenta Maggie Bennett (Debra Winger) a esposa de Beau e mãe dos rapazes que é dona de um bar e, apesar de ainda estar casada com Beau mora em um trailer atrás do bar; e Abby (Elisha Cuthbert) a ex-namorada de Colt que está em um relacionamento sério com um cara legal, mas não consegue se distanciar do ex-jogador agora que ele voltou.

A série tem uma estrutura tradicional de sitcom, os personagens são estereótipos – o jogador burro, o rancheiro conservador trabalhador, o irmão pegador, a paixão do colegial -, a premissa é tradicional – o filho pródigo que retorna e até tem a oportunidade e os motivos para fugir de novo, mas decide ficar pela família -, as piadas são marcadas por uma claque de risadas captadas durante a gravação feita diante de uma plateia,  os episódios têm 30 minutos, há vários convidados especiais (incluindo o ator Thomas F. Wilson/o Biff do De volta para o futuro e Jon Cryer de Two and a Half Man), é produzida e criada pela mesma dupla de Two and a Half Man, tudo isso fora a produção barata com cenários simples e iluminação e fotografia clássica desse tipo de série.

Mas, contudo, entretanto deve ser uma das comédias mais tristes dos últimos tempos.

A situação da família Bennet é a pior possível. Passando por uma das piores secas que o rancho já viu o Beau e os filhos trabalham sem parar durante a série toda para criar o gado e, mesmo com todo esforço, a situação financeira deles só piora. Em certo ponto da série Beau corta a eletricidade do rancho para reduzir os gastos.

A série se dedica tanto aos momentos dramáticos, não só a crise financeira, mas a crise existencial de Colt e o casamento complicado de Beau e Maggie que parece que as piadas não passam de um breve alívio cômico, uma máscara para esse drama que carrega na realidade do trabalhador do interior dos EUA. Aliás, essas piadas tão pontuais, sem sutileza, sem a pretensa inteligência dos comediantes profissionais, com cara daquele humor que nós mesmos fazemos no dia a dia, que apenas acrescentam na aura de realismo cotidiano da série.

E vale a pena? Olha, não vou dizer aqui que essa é a grande série da sua vida, ou mesmo do ano, ou mesmo do semestre, mas, olhando em retrospecto, é uma série boa, diferente do que o trailer vende, mais pesada, mais triste, mais viva. São clichês e arquétipos? Sim, são, mas eles tem uma vida e uma função maior que a graça, eles são uma síntese de uma realidade, uma vida sem nada incrível, sem nada surpreendente, uma vida onde as pessoas trabalham sem parar e depois se entorpecem com álcool e sexo, pois essa é a única opção disponível.

No fim, posso dizer que gostei de ver a série, gostei das atuações, principalmente da escolha do elenco, e que espero que ela tenha uma segunda temporada.

PS: Ashton Kutcher e Danny Masterson, apesar de parecer pouco provável, convencem como rancheiros e fizeram sua primeira série de destaque juntos o That ´70s Show que, aliás, foi exumado pela Netflix e agora consta no catálogo para os fãs ou curiosos.

The-Ranch-678x381


Inscreva-se na newsletter do site e receba todas as atualizações do site diretamente no seu e-mail.

anuncioamazon