Ícone do site Diletante Profissional

Três cafés para conhecer em São Paulo

Sou fã de café, já fiz um post bem completo sobre fazer café em casa e tem até HQ aqui no site com café na temática.


Já falei que um dos bons cafés de São Paulo é o Coffee Lab, mas eu sempre faço uma ressalva que é o melhor café com o pior atendimento, então vou indicar três cafés paulistanos relativamente novos que eu gosto muito.

O primeiro deles é praticamente um desafio para encontrar, mas é daqueles lugares ideais para levar algum gringo ou mesmo para impressionar alguma pessoa com seus conhecimentos avançados sobre São Paulo.

Nas costas do Masp, depois de uma ladeira tem uma escada que, olhando de  longe, não leva a lugar nenhum. Mas se você tiver realmente certeza de onde está indo vai descer a longa escada até encontrar o Mirante Nove de Julho, um espaço urbano bem curioso, com vista para a avenida 9 de Julho que passou 76 anos abandonado.

Nesse espaço, além de um pequeno restaurante e uma galeria de arte está o Isso é Café.

Como eu disse eu gosto muito de experimentar cafés diferentes e, depois de um tempo nessa jornada, começa a ficar difícil se surpreender. E o Café da Sombra (um dos vários cafés vendidos no Isso é Café) me surpreendeu imediatamente com a complexidade de sabor.

Como eu disse, conhecer o Isso é Café é praticamente um passeio turístico até para quem é paulistano e o café realmente vale muito a pena (inclusive tem vários outros lugares em São Paulo que estão usando os grãos deles, então, sempre que ver essa marca pode ter certeza que será um bom café).

Agora, se você não quer tanta aventura, nem escadarias, minha segunda recomendação é o Beluga. Esse pequeno café fica no limite entre a Santa Cecília a República, na mesma rua do Holy Burger.

O Beluga tem um café excelente e algumas opções de comida bem interessante que vão de bagels, cookies e bolos até um almoço leve com rosbife ou torta acompanhado de salada.

O lugar tem seu charme, tem qualidade, mas é bem apertado e eu sempre achei o atendimento excessivamente sério, o que dá ao lugar uma curiosa cara meio hipster/nerd.

Eu não sou muito de café com leite, mas a receita que eles chamam de “cortado” (outros chamam de flat white) é uma boa pedida quando estiver na casa.

Agora, pra sair do aperto minha dica final é o meu café preferido do momento, o Por um Punhado de Dólares.

Escondido atrás da Praça Roosevelt, o PPD é uma opção excelente para quem está no centro ou está esperando a hora de ver uma peça nos vários teatros da região. O nome remete ao clássico do faroeste protagonizado por Clint Eastwood.

O slogan da casa “cafés sinceros”, sintetiza bem a proposta. Eles vendem lá o FuckCoffee – amargo como a sua vida, torrado na casa, além de cervejas especiais, alguns drinks, bons sanduíches, duas opções excelentes de prensado de tapioca e alguns doces com destaque para o red velvet de beterraba e o bolinho de chocolate com café.

O esquema da casa é parecido com o de várias novas cafeterias, sem serviço de mesa, você pede, pega seu pedido e depois devolve a louça e, em compensação, paga um preço justo (R$4,00 o espresso de alta qualidade da casa).

Dos três cafés o ambiente do PPD é sem dúvida o mais amplo e agradável, mas os três valem a visita e os três têm cafés excelentes exclusivos ideais para levar para casa e sempre tomar um bom café, novamente com destaque para o PPD por ter o café com o melhor preço e, como eu já disse, para o Isso é Café por ter alguns grãos bem surpreendentes (apesar de caros).

Serviço

Isso é café – Rua Carlos Comenale s/n (no Mirante 9 de Julho)
Aberto de Ter-Dom das 10-22h

(visite o site deles que é excelente, com várias dicas preciosas para quem quer fazer um café melhor em casa)

Beluga – Rua Doutor Cesário Mota Júnior, 379 – Vila Buarque
Aberto de Seg-Sáb das 10-19h
Página no facebook

Por um Punhado de Dólares – Rua Nestor Pestana 115 – Centro/SP (ao lado da ACM)
Aberto de Seg-Sáb das 10h-22h

Pagina no facebook


Inscreva-se na newsletter do site e receba todas as atualizações do site diretamente no seu e-mail.








Sair da versão mobile