Zetsuen no Tempest

Li a primeira edição desse mangá livremente inspirado em A Tempestade de Shakespeare.
O primeiro volume começa muito bem com um conceito interessante de magia e uma ordem mística que existe para proteger a Terra até que esse grupo se corrompe e passa a se dedicar a destruição de tudo e dois jovens acabam se envolvendo nessa guerra de magos para vingar a morte da irmã de um deles.
É bem mangá, né? Não tem nada que sintetize melhor, tem muita ação, narrativa visual bem ágil e competente, desenho bem feitinho nos moldes do estilo japonês de se fazer quadrinhos. A trama já começa bem e promete melhorar muito nas próximas edições.
Recomendo a leitura, mais pra frente volto a falar se a série evoluir bem.
Aliás, por se tratar de um primeiro número quero fazer uma sugestão. Eu sei que muita gente que compra quadrinhos gosta de colecionar, eu era assim, você compra para preservar, mas, na prática, raramente você vai ler aquela história de novo – salvo uma ou outra HQ que significou muito na sua vida – até porque tem tantas outras coisas tão bacanas para se ler que uma vida só não é suficiente para ler e reler.
Assim minha sugestão é: depois de ler, dê o mangá para um amigo, conhecido ou até desconhecido que curte. É uma primeira edição, às vezes a pessoa nem sabia que existia, às vezes ela nem tinha pensado em comprar essa série, mas ela ganha a primeira edição e pode continuar comprando.
Lembre-se, quanto mais gente lendo e comprando mangás, revistas e livros que você gosta, mais as editoras vão se interessar por publicarem coisas nessa linha.
Dê as suas revistas para pessoas, para gibitecas, tenho certeza que elas vão fazer mais bem por aí do que juntando pó e amarelando na sua casa.
Aproveitando que esse é um mangá da JBC, vale falar de uma campanha bem legal deles: #mangánaveia. A campanha deles é para incentivar as pessoas a doarem sangue. Eu sou doador de sangue e todas as vezes que vou fazer uma doação eu passo por uma entrevista e alguns exames que impedem várias pessoas de doarem. O critério dos bancos de sangue no geral é tão rigoroso que muitas pessoas não podem doar sangue, então, se você é uma das pessoas que tem todas as condições para fazer uma doação, vá regularmente no banco de sangue mais próximo. Você vai ajudar muita gente.